INSTRUMENTOS DE CAPOEIRA

BERIMBAU

O berimbau é um arco musical originado de outros arcos de regiões africanas com ocupação banto. A forma atual e o modo de tocar são construções dos afro-descendentes brasileiros.
O instrumento é composto pela verga de biriba, corda de aço, cabaça raspada, courão e caro. O courão impede que a corda rache a biriba e o caro é o barbante que ajuda na amarração da corda.
É tocado com a baqueta e o dobrão (uma peça de metal, antigamente uma moeda), com acompanhamento do caxixi.

PANDEIRO

O pandeiro é de origem asiática e era usado pelos portugueses, em Portugal e no Brasil, em procissões. Depois passou a ser usado aqui em várias manifestações musicais.
Na roda de Capoeira Angola, a batida no pandeiro, com floreios, acompanha o som do caxixi. Utilizado na velha Índia e Península Ibérica, na idade média, em festas de bodas, casamentos e outras cerimônias religiosas.Foi introduzido no Brasil também pelos portugueses e utilizado posteriormente em rodas de samba e pelos negros na roda de capoeira, sendo um instrumento de percussão geralmente mais agudo que o atabaque. É instrumento de percurssão, composto de um aro circular de madeira, guarnecido de soalhos e sobre o qual se estica uma pele, de preferencia de cabra ou bode. Se tange batendo o compasso da dança com a mão. Acompanha o canto pela marcação do compasso.

ATABAQUE

É um tambor de origem afro-brasileira com uso tradicional em rituais de candomblé. Na Capoeira Angola, é tocado só com as mãos e acompanha o berimbau Gunga na marcação do ritmo do jogo.

AGOGO

É um instrumento de origem africana. Tem a função de ser um contraponto rítmico aos berimbaus e ao atabaque.

RECO RECO

Instrumentos de percussão fina enriquecem um conjunto com detalhes e variedade sonora. Na Capoeira Angola, o reco-reco acrescenta esta variedade às vibrações únicas do agogô. O reco-reco parece ter origem africana pois é encontrado em várias manifestações culturais afro-brasileiras. Todos os grupos humanos possuem os seus próprios instrumentos musicais, mas também encontramos intercâmbios, influências e bases comuns. “Fazedores de barulho” harmônicos, como os reco-recos e chocalhos, são encontrados em muitos grupos, associados à alegria e às ligações espirituais.

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

+351 96 512 10 23

R. João José Cochofel, 1950-374 Lisboa, Portugal

©2018 by Capoeira Beija-Flor - Portugal